Teoria da Alma

terça-feira, 12 de maio de 2009

Acidente?

Semana passada, na esquina da minha casa, aconteceu uma verdadeira tragédia.
Um rapaz de 26 anos, deputado estadual, atropelou e matou dois outros rapazes, de 24 e 20 anos. Atropelou e matou. Só que não foi como vocês devem estar pensando. Ele não atropelou dois rapazes que atravessavam a rua. Ele atropelou o carro deles. Eu não sei quanto a vocês, mas eu nunca tinha ouvido falar em nada parecido.
Os dois estavam parados no sinal vermelho, ou estavam com o carro em movimento, não entendi direito. Veio o deputado, dirigindo um possante Passat, e passou por cima do carro deles. Por cima. Ele estava praticamente voando na pista, como disseram as testemunhas. O velocímetro travou em 190km/h. Uma velocidade dessas, numa via rápida de bairro em Curitiba, em que o limite de velocidade é de 60km/h.
Além disso, o motorista do Passat, o deputado, estava com a carteira de motorista suspensa, justamente por ter levado excessivas multas, a maioria por excesso de velocidade, que somavam 130 pontos. E andava sem carteira.
Ele não só passou por cima, ou voou por cima, do honda fit dos rapazes, como arrancou a parte de trás e de cima do carro. Carro? Se vocês virem as fotos, não dá nem pra dizer que aquilo um dia foi um carro. E claro, os dois rapazes morreram na hora.
O motorista do Passat não. Foi em coma para o hospital, depois foi transferido para São Paulo, e agora, parece, está se recuperando bem.
As famílias dos dois rapazes mortos estão revoltadas, e não é pra menos. Pra falar a verdade eu nem sei o que dizer sobre isso. Foi com certeza um acontecimento que chocou Curitiba. Não por se tratar de um "acidente" de trânsito. Acidentes ocorrem aos montes, em qualquer lugar. Mas pelas circunstâncias em que ocorreu. Madrugada, rua vazia, 190 km/h. Sério. Eu não consigo entender o que leva uma pessoa a fazer uma coisa dessas. Um cara de 26 anos, deputado estadual, com a vida toda pela frente. O que um cara desses tem na cabeça pra agir assim? E não venham me falar que é cedo pra entender o que aconteceu, que não há provas de que a culpa foi dele. Tudo bem, então me digam. O que pode ter acontecido? Ele dormiu e o pé pisou fundo no acelerador, e o carro acelerou até chegar a 190km/h? Ah, me poupem.
Eu só espero, sinceramente, que esse cara fique bom, fique ótimo, para poder responder ao processo e ser punido de acordo com o que aconteceu. Os pais dos rapazes que morreram dizem que eles foram assassinados. E foram mesmo.
posted by Karime at 22:40

3 Comments:

É Kaká, infelizmente esse é o país onde um deputado afirma estar se lixando para a opinião pública, onde eles gastam dinheiro público com passagens aéreas para o exterior e onde só deputados podem dirigir sem habilitação, em alta velocidade e matar dois jovens. Sabe o que vai acontecer com esse deputado? NADA! Pode anotar!

13 de maio de 2009 02:11  

Ismael querido, sinceramente espero que você esteja errado! :)
O que eu sei é que a família de um dos rapazes que morreu é tradicional aqui em Curitiba, então acredito que não vão deixar barato. Assim espero, sinceramente. Foi um verdadeiro homicídio. Beijos!!

13 de maio de 2009 12:14  

Eu li a not´´icia, Kaká, e não sou otimista quando à punição do deputado, não! Ele vai se safar, sim, não tenha dúvidas! Ou vai depender muito do que a opinião pública faça. É preciso haver uma mobilização, asim isso não pode ficar. A impunidade corre solta, ainda mais em se tratando de um político. Ele estava alcoolizado, isso já foi comprovado. E tem mais de uma multa por excesso de velocidade nessa mesma rua, ou avenida, não sei.
Esperemos em Deus que a justiça seja feita!

14 de maio de 2009 22:47  

Postar um comentário

<< Home